Sweet Feelings
©
“Você diz que ama a chuva, mas você abre seu guarda-chuva quando chove. Você diz que ama o sol, mas você procura um ponto de sombra quando o sol brilha. Você diz que ama o vento, mas você fecha as janelas quando o vento sopra. É por isso que eu tenho medo. Você também diz que me ama…“ (William Shakespeare)
O amor […] tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
1 Coríntios 13.4,7  (via sincronizar)
Eu odeio quando você finge que não se importa, odeio quando é grossa, odeio quando fica distante, quando não me conta as coisas, odeio aquelas suas amiguinhas que ultrapassam os limites, ou aquelas pessoas que acham que tem direito de te chamar como eu te chamo. Eu odeio a sua falta de paciência comigo. Odeio quando não me responde, odeio quando ao invés de um desculpada você fala tudo bem, odeio o fato de não conseguir te odiar as vezes. Mas eu te amo, amo demais e sei que você com o seu gênio tem esse jeito de amar, assim como eu, meio torto mas verdadeiro, meio exagerado mais infinito. Sei que também não sou uma pessoa fácil de lidar ou de amar, mas eu te peço, não se cansa desse meu jeito, não se canse dos meu clichês, da minha fragilidade, do medo absurdo que tenho de te perder. Não se canse dos meu ciúmes bobos, da minha cara de mal humorada, não se canse se eu ficar cobrando atenção demais, dos meus mimimis, da minha lerdeza, não se canse de mim, por favor, só não se canse.
Nunca me conformei com o fim de nada. Por mais que eu sentisse que era a hora.
Tati Bernardi.  (via quoteografa)
Aqui não é onde eu quero estar.
Arctic Monkeys. (via animicida)
Quando duas pessoas se amam, qualquer distância se torna saudade.
O labirinto de Louis Miller.  (via reverenciador)

theme: cerejadosundae. +
»